Beleza, Veganismo

Meus produtos de cabelo cruelty-free e veganos

08/07/2017

Meus produtos de cabelo cruelty-free e veganos | Vida Minimalista #vidaminimalista

Recebo muitas perguntas sobre produtos cosméticos cruelty-free (que não testam em animais) e apesar de ter uma lista aqui no blog com o que uso e já usei e recomendo, resolvi fazer alguns posts falando de cada um deles por categoria. Vamos começar por cabelos, com o que estou usando no momento e o que ajudou demais na recuperação dos meus fios durante minha transição capilar.

Shampoo Sólido Cativa

Meus produtos de cabelo cruelty-free e veganos - Shampoo Sólido Cativa | Vida Minimalista #vidaminimalista

Eu meio que torcia o nariz quando ouvia falar sobre shampoo sólido, em barra que não faz espuma. Nós temos uma tendência a achar que quanto mais espuma, mais limpo ficamos mas mesmo assim resolvi experimentar. Conheci esse shampoo da Cativa durante a feira vegana Veg Borá, no estande da Âme Ecostore (que já viraram amigos!) e confesso que eu simplesmente amo esse shampoo.

Quem está acostumado a usar shampoo com sulfato, vai sentir diferença sim. No começo, como nossos fios estão muito carregados de petrolatos dos cremes que passamos e é difícil de tirá-lo, temos a sensação de que o cabelo continua sujo, de que a falta de espuma não limpou direito ou que tem alguma coisa de errado, mas a ideia é persistir na lavagem, pois aos poucos ele vai se livrando dos resquícios pesados e vai ficando bem leve – e cheiroso.

Meus produtos de cabelo cruelty-free e veganos - Shampoo Sólido Cativa | Vida Minimalista #vidaminimalista

Esse shampoo é de Extrato de Pitanga e 100% vegano, e vêm numa embalagem de papel e plástico (poderiam melhorar, pra ser lixo zero) mas no fim das contas, é melhor que uma embalagem tradicional de shampoo.

A dica é separar o cabelo em 4 partes e começar passando o sabão na raiz, pra ficar bem limpo. Depois massageia bem no comprimento dos fios e enxague. Pronto, cabelo limpo! E pra falar a verdade, nem é tão necessário assim um condicionador, já usei sem e deu super certo. Mas vamos ao Yamasterol…

Yamasterol

Meus produtos de cabelo cruelty-free e veganos - Yamasterol | Vida Minimalista #vidaminimalista

O amarelinho, tradicional! Yamasterol é da empresa Yamá, que é (e sempre foi) cruelty-free e vegana. Não contém parafina e nem silicones, o que é ideal pra ser usado em conjunto com o shampoo sólido sem sulfato. Ele é multifuncional, dá pra usar como co-washing (lavar apenas com o creme), como condicionador, máscara hidratante (nunca usei assim, mas tem quem goste) e creme para pentear. Uso muito como condicionador (deixando dentro do box) ou pra pentear, na bancada do banheiro. Meu cabelo se deu super bem com ele.

Leave in (Chá Dao)

Meus produtos de cabelo cruelty-free e veganos - Leave in Chá Dao | Vida Minimalista #vidaminimalista

Em uma das feiras veganas que fui aqui no Rio de Janeiro, conheci o Chá Dao, que na verdade é especializado em vários tipos de chás – foi lá que comprei também meu paninho pra coar suco verde. Esse leave in é feito de óleo de mamona (rícino), de amêndoas e lavanda. Depois de um tempo percebi que é super fácil de fazer, basta ter os 3 ingredientes e colocar em um potinho de vidro com essa bombinha e reaproveitá-la futuramente quando acabar. Mas a compra valeu, pois eu ainda não conhecia e não sabia que era tão bom pro cabelo. 🙂

Dica às cacheadas: coloque uma gota do leave-in na palma das mãos, esfregue bem e amasse as pontas do cabelo pra ativar os cachos. Tenho feito isso sempre que quero cachos mais definidos e isso ajudou demais na transição capilar quando eu estava com a metade do cabelo cacheado e a outra metade ainda com química.

Óleo de coco

Meus produtos de cabelo cruelty-free e veganos - óleo de coco | Vida Minimalista #vidaminimalista

Não é um produto comprado com a finalidade cosmética, mas gosto muito de fazer umectação com ele. Pra separar o óleo que uso na cozinha do que uso no cabelo e pele, arrumei um potinho com tampa e deixo no armário do banheiro, assim fica mais fácil e prático usar sempre que preciso. Falei mais sobre a umectação nesse post aqui.

A diferença da quantidade de produtos cosméticos que uso no meu dia-a-dia mudou demais. Antes eu tinha tantos produtos que chegavam a perder a validade por não usá-los. Agora, ainda que eu goste de testar e conhecer produtos veganos e quando possível, orgânicos, mantenho o que eu realmente uso no momento.

A dica pra quem quer reduzir é fazer uma limpeza do que não usa tanto e passar pra frente, doar pra amigos e família. Mantendo apenas um produto de cada, conseguimos prestar mais atenção se é bom ou não, além de termos a possibilidade de decisão na hora da próxima compra. Com a consciência de uma compra de cada vez, conseguimos ser mais seletivos e levar pra casa apenas aquilo que combina de verdade com nossos princípios.

É muito importante termos em mente que minimalismo não é reduzir o consumo baseado na quantidade, mas reduzirmos nosso impacto no planeta. Pensarmos em alternativas, empresas que REALMENTE estão preocupadas com a sustentabilidade é um passo muito importante nessa jornada.

E você, tem algum produto pra indicar aos outros leitores que sejam de empresas conscientes?

Gostou? Compartilhe!
Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0Share on Tumblr0

comentários via facebook

4 comentários leave one →

  1. não sabia que yamasterol é cruelty free, que amor!
    eu morro de curiosidade de usar shampoo sólido, mas como eu tenho muito cabelo eu fico com receio de não passar direito.
    e adorei esse leave in, vou procurar fazer um com esses ingredientes ou comprar esse mesmo, faço low poo e tô precisando de um leave in bem natureba.
    adorei as dicas! 😀

    Responder
    • É sim! E não utiliza componentes animais, aliás, a Yamá toda.
      Pra usar em muito volume de cabelo (como eu), gosto de separar em partes e ir passando na raiz. Dá pra limpar bem sim. Experimenta! Cada um tem uma experiência, vai que dá certo! 🙂

      Responder
  2. Adorei o post! Eu passei pela transição utilizando produtos industrializados, tentei o Low Poo mas não me adaptei e agora estou pesquisando sobre os produtos que tenham uma pegada mais sustentável. Aqui na minha cidade ainda não encontrei esses produtos para vender, então dependo muito da internet. Mas gostei muito de saber sobre o shampoo sólido e o yamasterol. Vou voltar a usar ele! E vou fazer esse leave in com certeza porque o meu cabelo depois da transição não voltou todo com cachos, uma parte dele fica mais ondulado. Obrigada pelas dicas!

    Responder
  3. Hoe, Camile flor! Tudo bem? 🙂

    Estou com muita vontade de deixar os produtos industrializados de lado para experimentar os veganos, então seu post apenas deu mais um empurrãozinho para este caminho, haha!

    Particularmente, me chamaram a atenção o Yamasterol e o óleo de coco, mas gostaria de dar uma chance para os óleos que você mencionou. Não sei se daria para perceber alguma diferença quando se tem o cabelo curtinho, mas acho que a experiência já valeria a pena.

    Me chamou a atenção também a questão da dispensa dos produtos de higiene “comuns”. Se me permite fazer uma sugestão, tem um projeto chamado Mini Gentilezas, no qual se recolhe esses tipos de produtos para montar kits e doar a pessoas em situação de rua, algo que não é tão comumente pedido para se fazer doação, mas que é muito necessário para haver uma condição mínima de buscarem melhores oportunidades.
    O projeto tem pontos de coleta e voluntários dispostos a recolher os produtos por várias cidades e começou com a ideia de recolher aqueles potinhos de shampoo/condicionador e mini sabonetes fornecidos em hotéis 🙂

    Obrigada por mais um post super informativo, de verdade! 🙂
    Beijos, flor~

    Responder

Deixe seu comentário: